O jogador brasileiro Brazil Epitácio “TACO” de Melo, cedeu uma entrevista para o portal HLTV momentos antes da estreia da Brazil SK Gaming no campeonato cs_summit.

Confere aí ;)

Quais são as tuas expectativas para o torneio? Você está mirando o título ou deseja que o time tenha um bom desempenho?
Ainda estou confiante que a nossa equipe pode vencer qualquer torneio e qualquer equipe. Estamos aqui para ganhar. Claro que, ao analisar o nosso desempenho recente, nós não somos os favoritos ao título, mas como as melhores equipe da atualidade (Astralis, Na’Vi, Virtus.pro, G2 Esports e FaZe) não estão participando, as nossas chances são maiores.

O primeiro adversário será Team EnVyUs. Qual a tua opinião sobre eles? O fato deles serem uma equipe formada recentemente afetou a preparação da SK Gaming?
Nós temos poucas informações sobre eles, pois eles não jogaram nenhum campeonato LAn com essa formação atual. Apesar disso, nós assistimos algumas partidas online e sabemos que eles têm uma equipe bem treinada e com jogadores experientes. Mesmo a gente sendo os favoritos, precisamos tomar cuidado.

Considerando que vocês foram a melhor equipe de 2016, e que em 2017 não estão com um bom desempenho, você sente maior pressão para vencer um campeonato outra vez?
Acho que essa variação é normal em equipes que chegaram ao topo. Claro que há pressão, mas cabe a nós lidarmos com isso da melhor forma possível. Ao olhar para os nossos treinos recentes, creio que estamos no caminho certo.

O cs_summit terá uma atmosfera mais tranquila se comparado aos outros torneios. Você acha que isso pode ser o ideal para o seu time que vêm sofrendo um pouco com a pressão?
Nós somos experientes, e não sofremos com a pressão externa. O formato do torneio é legal e positivo, mas eu não acho que isso terá um grande impacto. Há um troféu em jogo e nós vamos em busca dele.

Com certeza os resultados recentes não podem serem explicados por apenas um fator. Você acha que a equipe está levando algum tempo para se acostumar com as mudanças?
Sim. Nos adaptar as mudanças foram o nosso único foco nos treinos. No CS há muito mais do que apenas matar e highlights. CS é sobre time, funções, um sistema de jogo e prática. Entender isso, fez com que eu ajudasse a minha equipe na conquista de 2 Majors. O estilo de jogo do Felps é completamente diferente do feito pelo FNX. Na troca, acreditávamos que seria fácil adaptar o Felps na equipe, mas percebemos que não. Com todo o talento do Felps, tenho certeza que é apenas questão de tempo para ele estar adaptado em nosso sistema da maneira que precisamos.

Entrevista realizada por MIRAA.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorcs_summit – Beyond The Summit | S1
Próximo artigoAtualização 20/04
Geison66
Fundador TecnoHard Clan, TecnoHard CS:GO News e Draft5.

COMENTÁRIOS