Hoje o jogador brasileiro Gabriel “FalleN” Toledo realizou uma entrevista para o portal HLTV, e nessa entrevista ele fala um pouco mais sobre as expectativas para o Major ESL One Cologne que começa dia 05 de Julho.

Confira ;)

Como você está se preparando para a ESL One Cologne? Você fez um bootcamp para se preparar especificamente para o segundo Major de 2016?

Logo após as Finais da ECS nós fomos para a cidade de Cologne, até a estrutura da SK Gaming, e de lá começamos a treinar. Todos os dias estamos trabalhando muito duro, para que possamos chegar em nossa melhor forma possível.

Tendo finalizada a disputa contratual entre Luminosity Gaming e SK Gaming, como você se sente agora que pode voltar a se concentrar apenas no jogo e não mais em fatores externos? A conclusão disso tudo ajudou na preparação para a ESL One Cologne?

Com certeza é um grande alivio. Nós somos um time de CS, e com o desenvolvimento dos eSports isso se tornou em um negócio. Eu não quero estar dentro dessa situação novamente mas aprendemos muito com tudo isso. Agora nós podemos focar apenas no jogo, e isso com certeza faz com que nos sentimos melhores. Nós estamos sob os holofotes do campeonato e eu posso afirmar para todos os nossos fãs, que nós estamos treinados e preparados para jogar.

Quais são as diferenças entre fazer parte da LG e agora SK? Você acha que fazer parte da SK foi uma grande mudança?

Com a LG a gente cresceu juntos. Foi uma ótima experiencia e ficamos muito orgulhosos por tudo que conseguimos conquistar juntos. SK está no cenário a quase 20 anos, e possuem um legado no CS e nós esperamos continuar com esse legado junto deles. Essa mudança é o próximo passo em nossas carreiras.

Como você se sente em fazer parte do grupo que é considerado o mais forte de toda a história dos Majors de CS:GO? Você acha que enfrentar Fnatic, FaZe e G2, que ganhou de vocês na Final da ECS, faz com que exista a possibilidade de acontecer um possível upset?

Eu não acho que vá acontecer muitas surpresas nesse grupo, porque parece que todos os times tem potencial para vencer o torneio, portanto não há nenhum underdog no grupo. É o atual campeão do Major (SK) tentando defender o atual campeão da ESL Cologne (Fnatic), tentando vencer o campeão da ECS (G2) e não podemos nos esquecer da FaZe que possui alguns dos melhores jogadores do cenário. Esse grupo é uma loucura, mas sabemos do nosso potencial e se quisermos vencer mais esse Major, teremos que vencer todos eles.

O ineficiente e injusto sistema de Seeds atual para o Major, que abre possibilidade de grupos como esse existir, têm sido muito criticado por jornalistas e jogadores. Qual é a sua opinião sobre esse sistema e acha que ele deveria ser alterado?

Bem, com certeza é lamentável esse grupo, mas as chances dele aconter eram bem pequenas. Talvez as Seeds deveriam ser baseadas em resultados mais recentes. As coisas acontecem muito rápido no CS:GO, então o que aconteceu a 3 ou 4 meses atrás poderiam ficar pra trás quando o próximo Major está para acontecer.

Qual é a meta para esse torneio? Qual colocação você considera que seria um sucesso e qual seria considerado um fracasso?

A nossa meta é sempre a mesma. Nós estamos aqui para vencer.

Nos Majors mais recentes, nem sempre a equipe favorita conseguiu vencer. Vocês são a equipe TOP #1 desde o dia 9 de maio, portanto os favoritos, como vocês chegam para esse campeonato? E por serem os favoritos, você ou o seu time sente algum tipo de pressão?

Honestamente, nós não pensamos nisso. Nós colocamos a pressão sobre nós mesmos. Vamos nos preparar e jogar da melhor forma possível. Ser um favorito, faz com que as outras equipes façam de nós um alvo, mas isso não importa. Nós trabalhamos muito duro para chegarmos ao Top #1 e esperamos conseguir provar isso novamente.

Qual a sua opinião sobre a Nuke ser um mapa competitivo e você acham que estão preparados para jogar nesse mapa durante o Major? Você se sente confortável jogando ou acha que ainda precisam ajustar algumas coisas?

Eu acho que cada equipe têm trabalho para poder criar as suas próprias estrategias nesse mapa. Toda vez que jogamos, nós aprendemos algumas coisa novas, e com isso, temos novas ideias. Eu acho que isso também deva acontecer com todos. E nós estamos preparados para jogar Nuke nesse torneio.

Qual é a sua previsão para o Top 4, e qual equipe pode surpreender nesse Major?

Impossível dizer. Há os favoritos óbvios, por exemplo, Fnatic, G2 ou Na’Vi mas também há outras equipes capazes de surpreender. Talvez EnVyUs na velha forma, talvez Virtus.pro possa surpreender por toda a sua experiência ou a mousesports com o apoio da torcida local. Realmente qualquer coisa pode acontecer, o que torna esse evento, provavelmente, o mais emocionante na história do CS:GO.

Têm algo que você gostaria de dizer para os fãs após terminar essa entrevista?

Eu quero que eles saibam que o apoio que eles nos dão é muito importante para nós. Tudo. Os últimos meses foram muito difíceis e você que passou por tudo isso junto de nós, nós pedimos desculpas por isso. Agora isso tudo ficou para trás, e juntos vamos começar uma nova era.

Entrevista realizada por BenjaCS para o portal HLTV.org.
Tradução por TecnoHard News.

COMENTÁRIOS