Chegamos enfim ao último grupo da E-League. O campeonato mudou a fórmula de disputa, essa temporada foram quatro grupos com quatro times, cada grupo foi jogado em uma semana. Os grupos anteriores tiveram European Union FaZeFrance G2Denmark NorthSweden FnaticFrance EnVyUsUnited States Cloud9 como classificados. Infelizmente os brasileiros da Brazil Immortals, jogando com Brazil Raphael “cogu” Camargo no lugar de Brazil Vito “kNgV-” Giuseppe foram eliminados no grupo com Fnatic e North. Os grupos anteriores tiveram a atenção do publico dividida com outros campeonatos LAN, inclusive com times tier 1 do cenário internacional, diferente do grupo dessa semana que reina sozinho no CS:GO do final de semana.

O grupo é formado por Brazil SKDenmark AstralisUnited States LiquidDenmark Heroic. Quando os grupos foram anunciados eu achei que esse seria o grupo mais tranquilo pois SK e  Astralis estavam bem acima de Liquid e Heroic, mas podemos dizer que o jogo virou. Hoje a Team Liquid é tão favorita quanto os dois, tornando assim este grupo, o grupo mais difícil até então, temos três times brigando por duas vagas, isso se contarmos é claro que a Heroic não vai aprontar pra cima de ninguém.

Os dinamarqueses são os azarões do grupo, durante o primeiro semestre até fizeram algumas aparições em campeonatos LAN mas após a perda de Denmark Valdemar “valde” Bjørn Vangså, a equipe caiu muito de rendimento. O último campeonato, na ESG Mikonos, a equipe perdeu os três mapas que disputou e foi para a casa com a ultima colocação de seu grupo. Eu realmente não acredito que em uma chave com times tão fortes a equipe consiga fazer melhor. Deve perder novamente os três mapas e sair como ultima colocada, qualquer vitória vai embolar demais a tabela.

O Astralis caiu de rendimento. Isso é um fato fácil de ser observado, desde março a equipe não vence nenhum campeonato, na DH Masters após longa sequência entre os quatro primeiros perdeu nas quartas de final, já na ESL One NY, caiu na fase de grupos, algo que não acontecia a muito tempo. Em uma entrevista (que você pode ler aqui, em inglês), Denmark Peter “dupreeh” Rasmussen diz claramente que um dos possíveis fatos que expliquem a queda é o individual. Talvez ser uma equipe tão tática tenha sugado um pouco a atenção dos jogadores para com o quesito mecânico do jogo e quando as táticas não entraram, a bala não salvou.

A SK Gaming, vem tendo alguns problemas para avançar nas competições, desde a volta das férias a equipe só venceu MD3 contra Cloud9 e uma disputa de terceiro lugar com a Poland Virtus.pro, com derrotas para G2, North e Liquid (2x). É claro que isso não é nenhum absurdo, mas estamos acostumados com o altíssimo nível da SK então as derrotas parecem que ficam mais evidentes em times que estão acostumados a sempre ganhar. É evidente também, que os três torneios foram disputados em três países diferentes, com muitas viagens e pouco tempo de treino para corrigir erros entre um e outro campeonato. Agora com uma pausa de quinze dias para treino e um regulamento que ajuda, já que quem vencer duas MD1 está classificado, acredito que o SK passa pois deu a sorte (odeio falar nisso porque todo adversário na MD1 é mais perigoso) de pegar a Heroic na abertura. Desde que de vença, terá três vetos para a MD1 contra Liquid e Astralis.

Deixei para o final a Liquid, time que mais cresceu em desempenho dentre os quatro do grupo. Recentemente a equipe venceu a SK em duas semanas seguidas, Astralis e Virtus.pro em partidas MD3, algo que não é comum para a equipe americana Aparentemente a mudança de United States Nick “nitr0” Cannella assumindo a função de capitão deu um novo ar na equipe, United States Jonathan “EliGE” Jablonowski vem jogando muito bem, o melhor jogador americano na atualidade. Resta saber se agora que todos sabem do potencial do time, ele vai repetir as atuações e vai ser capaz de adaptar seu jogo para enfrentar adversários mais ligados a suas novas características

É impossível apontar dois favoritos para avançar nesse grupo, para mim, SK, Astralis e Liquid chegam com chances iguais de classificação, apenas o Heroic seria considerado uma zebra. Vale ressaltar entretanto que uma eliminação aqui dói mais na SK e na Astralis, devido ao recente desempenho ruim nos campeonatos e as criticas que estão sendo recebidas, isso joga uma pressão nos dois e deixa o Liquid em uma posição um pouco mais confortável durante as partidas.

COMENTÁRIOS